Papo de Tênis: Djoko é campeão de Roland Garros

Papo de Tênis: Djoko é campeão de Roland Garros

114
0
COMPARTILHAR

Olá simpatizantes e amantes do tênis!​Djokovic campeão! O número 1 do mundo parecia abatido no primeiro set, e de fato estava! Parecia sentir o peso de vencer o único Grand Slam que lhe faltava. Depois do primeiro set Djokovic acordou e demonstrou a frieza que um campeão deve ter ao estar numa situação dessas, começou a impor seu jogo pesado de fundo de quadra e apenas no final titubeou um pouco para fechar a partida, mas vamos dar um crédito pelo momento, muita pressão!


​Murray ao vencer o primeiro set voltou pra Escócia, mentalmente claro, pois foi erro em cima de erro, o primeiro saque não entrou mais e ele começou a falar com seus fantasmas. Segundo o grande Osvaldo Maraucci, comentarista da ESPN, Murray não é bipolar, ele é “tetrapolar”. Uma pena, pois a temporada no saibro de Murray foi perfeita, eu esperava ter visto um jogo mais equilibrado até o fim. Andy está de parabéns mesmo assim, pela primeira vez atingiu a final de Roland Garros, e pela característica de seu jogo, foi incrível chegar a esse desempenho no saibro.


​Nole agora se iguala a Roy Emerson, australiano aposentado, com 12 troféus de Majors, a frente dele estão Rafa Nadal e Pete Sampras com 14, e absoluto recordista Roger Federer com 17 Majors. Novak nesse campeonato superou a marca de 100 milhões de dólares em premiação, um feito e tanto.

​Essa geração é tão afortunada, tão acima da média, que temos, em atividade 3 jogadores com quantidades de GS acima de uma dezena! O big four monopolizou os grandes torneios e nos últimos anos tiveram alguns “intrusos” vencendo os majors, mas a maioria esmagadora os vencedores foram Federer, Nadal, Djokovic e Murray, por isso são chamados de big four.


​Agora começará a curtíssima temporada na grama, que culminará em Wimbledon na terra da rainha, no ano passado Nole venceu, será que ele continuará sem reconhecer adversários e levar mais um pra casa? Na grama os grandes sacadores têm mais chances, pois o saque-voleio em pisos velozes é uma arma poderosa. Federer voltará a vencer um Grand Slam? Murray voltará a vencer na terra da rainha? Estaremos de olho e vamos acompanhar os torneios preparatórios e ver quem vai se destacar e sair como favorito.

Allez!

Weverson Pinheiro

 

 

Deixe uma resposta