Papo de Tênis: A bola amarela nas Olimpíadas 

Papo de Tênis: A bola amarela nas Olimpíadas 

106
0
COMPARTILHAR

Olá simpatizantes e amantes do tênis!​O post de hoje, entre outros assuntos, vai tratar da participação do tênis nas olimpíadas. O tênis é um esporte o qual seu ápice não é o ouro olímpico. Vamos explicar isso. No tênis existe 4 grandes campeonatos, os chamados Grand Slam, e se perguntarem a qualquer um tenista se eles preferem vencer um GS ou o ouro olímpico tenho certeza que a maioria esmagadora vai querer um Major. Isso acontece no golf também. Quais seriam as vantagens da troca? Pontuação no ranking, quantia exorbitante em dinheiro, fama, holofotes, etc. Numa olímpiada é apenas mais um ouro para seu país. Não estou dizendo aqui que os tenistas não se importem com seus países, mas através dos grandes campeonatos seus países aparecem da mesma forma, assistam a Copa Davis, é espetacular, pois é disputa entre países.

​Essa olimpíada não está atraindo os tenistas como eu imaginava, pois diversos tenistas já desistiram. Eles alegaram a Zika(Na minha visão é conversa mole) como um fator que os fizeram desistir, posso destacar Thomas Berdich, Dominic Thiem, a romena Simona Halep, entre outros. A última grande desistência foi de Roger Federer, grande mesmo, pois o brasileiro tem uma paixão pelo suíço, o motivo de sua desistência é o joelho, o qual fez uma cirurgia esse ano. Em 2012 estive na Federer Tour em São Paulo e senti como ele é admirado como pessoa e atleta. Os grandes Djokovic e Murray estão confirmados nas olimpíadas, não acho que irão desistir, especialmente o Sérvio, pois ele deve sonhar com o ouro, dos grandes ele é o único que ainda não mordeu o ouro olímpico. Será um excelente consolo ver o número 1 em ação, não acham? Nadal está cuidando do punho e também não temos certeza absoluta de sua participação, tomara que ele venha, o touro de miúra também tem muitos fãs aqui no Brasil. Fico reticente de como irá ser sua participação, faz um bom tempo que disputa uma partida oficial.


​Dedicarei este parágrafo a Roger Federer, o mesmo informou através de sua conta no facebook que ficará fora das quadras pelo resto do ano, essa notícia pra quem ama o tênis clássico, plástico e bem jogado beira a tragédia. Infelizmente são sinais que nos remetem ao fim da carreira do maior tenista que já vi jogar, não tenho nenhum receio de dizer isso, pois todos temos nossas preferências e não devemos esconder. Gosto do estilo do suíço e os números falam por si quando se trata de Roger Federer, nem preciso comentar. Vamos torcer que ele volte estimulado para vencer…vencer….o quê mesmo? Esperem um pouco, ele já venceu tudo! Espero que ele volte para encher nossos olhos e inspirar jovens tenistas. Mas fiquem certos, se ele não puder competir para vencer ele vai parar, ele é movido a desafios, ele é um campeão.

Vamos!

Weverson Pinheiro

Deixe uma resposta