Terça Olímpica: Quem se atreve vai além!

Terça Olímpica: Quem se atreve vai além!

154
0
COMPARTILHAR

Rio de Janeiro/RJ – E a nossa jornada na cidade olímpica começou pelas areias e pelo mar de Copacabana. Durante a maratona aquática masculina. Aliás, a praia mais conhecida do Rio de Janeiro está fervendo de pessoas de todo o mundo. Estúdios de TV, Arena de Vôlei, Turistas, torcedores e muita energia.

IMG_0946

Infelizmente, não deu para o baiano Alan do Carmo que terminou em décimo lugar. O holandês Weerman Ferry venceu a prova no mar de Copacabana sob a proteção da Marinha e Polícia Federal, com a paisagem do Forte ao fundo, com o grego Spiros em segundo e o francês Oliveira em terceiro.

IMG_0972

E no fim de tarde carioca desta terça (16/08), duas semifinais emocionantes no vôlei de praia na arena grandiosa de Copacabana. E que Arena. Para entrar você passa primeiro pelo raio-x da Força Nacional, em seguida seu ingresso é conferido e validado. Antes de subir para o seu lugar, uma praça de alimentação foi montada para consumo de bebidas e sandubas. Voluntários orientam para que os torcedores encontrem suas fileiras e assentos. Tudo muito organizado e sincronizado.

IMG_0994

Na primeira semifinal do vôlei de praia, a dupla brasileira Larissa e Talita começaram muito bem, mas não foram mais eficientes do que as alemãs, Laura/Walknhorst, que venceram por 2 sets a 0. Faltou mais vontade e garra pra vencer, além de eficiência. Os poucos alemães na torcida fizeram muito barulho. Aliás, a rena não estava tão cheia no início da jornada.

Aliás, uma dica sempre muito bem vinda e que passo para todos, seja torcedor ou profissional que irá cobrir jogos em arenas e estádios, como sempre preza o meu amigo Enio Ticiano, chegue cedo. Três ou quatro horas antes e seja um dos primeiros.

Na segunda semifinal da tarde, os impossíveis e imbatíveis, Alisson Mamute/Bruno Mágico Schimidt venceram a dupla da Holanda por 2 sets a 1. Eles venceram o primeiro, tiveram a chance de fechar o segundo, mas vacilaram no final. Mas, no tie break, venceram e levaram a Arena Copacabana à loucura. Sensacional. Talita e Larissa disputam o bronze na noite desta quarta, enquanto Alisson e Bruno, o ouro, na quinta. Na rodada noturna, após 0h, Bárbara e Agatha atropelaram a dupla norte-americana e farão a final, e enfrentarão as alemãs pelo Ouro nesta quarta.

Realmente, foi uma terça-feira olímpica mágica e especial com mais uma medalha de prata para o Brasil, na canoagem com o baiano Izaquias Queiroz, canoagem 1000 metros. E um ouro histórico com outro baiano, dessa vez no boxe com o bom de braço Róbson Conceição, na sua terceira olimpíada. Foi a primeira medalha dourada da história do boxe brasileiro nos Jogos Olímpicos. Parabéns guerreiros. Atitude, concentração, atrevimento e inteligência emocional. Senta à pua. Nesta quarta tem muito mais.

  • O jornalista Freire Neto viajou a convite da Nissan (patrocinadora oficial dos jogos Rio 2016).

Deixe uma resposta