Papo de Tênis: Roger Federer, o maior da história!

Papo de Tênis: Roger Federer, o maior da história!

282
2
COMPARTILHAR

Roger Federer, o maior da história!

Olá simpatizantes e amantes do tênis! Percebam que não coloquei o termo “melhor”, pois seria injusto com o passado de grandes tenistas que ao seu tempo foram dominantes e melhores, como exemplo temos Bjorn Borg, Rod Laver, entre outros. É incrível como após quase vinte anos como profissional o maestro suíço seja o foco das atenções do mundo do tênis, sua capacidade de adaptação, sua determinação em ser campeão no alto dos seus quase 36 anos e pai de quatro filhos é algo simplesmente inacreditável. O tênis hoje exige muito do físico e da mente, a concorrência é muito grande, Roger Federer já passou por várias gerações e continua no topo, do tempo dele muitos já se aposentaram e outros que ainda insistem não estão bem no ranking, lembro ainda que ele no início da carreira enfrentou e venceu gênios como Pete Sampras e André Agassi, hoje encara uma galera jovem e talentosa que busca seu espaço. O suíço já superou os 100 milhões de dólares só em premiação e isso mostra que dinheiro pra ele é o que menos interessa. Ele quer vencer!

Seu estilo foi remodelado pelo seu atual técnico, Ivan Ljubicic, que aprimorou sua esquerda que hoje assusta o mundo do tênis pela sua precisão e agressividade. Antes era visto como um ponto fraco e atacado pelos seus oponentes, Rafa Nadal que nos diga. Por falar no talentoso espanhol, podemos destacar que é a rivalidade que mais se repetiu em toda a história do tênis, são 36 confrontos até agora, com vantagem para o canhoto, mas me parece que Federer vai diminuir razoavelmente esse retrospecto. Os últimos confrontos só deu Federer, coisa inédita sua série de três vitórias seguidas sobre o touro de miúra.

Roger esse ano faturou seu décimo oitavo slam na Austrália e já faturou o primeiro ATP 1000 da temporada, em Indian wells( o vigésimo quinto de sua carreira). Com isso ele dispara como maior vencedor dos grandes torneios(Grand Slam com 18, ATP1000 com 25, ATP Finals com 6), ele tem 90 títulos e está a apenas três títulos de alcançar o segundo maior vencedor da história, Ivan Lendl que tem 94 títulos. Parece-me que ele quer mais, já vislumbra Wimbledon, seu torneio favorito, no seu piso favorito, ou seja, palco perfeito para coroar o maior de todos. Já li algumas biografias sobre vários tenistas, mas as que falam sobre Roger são as mais injustas, pois ele faz estória a cada torneio, bate recordes, aumenta suas façanhas. O mesmo já assinou contrato com o torneio da Basileia até o ano de 2019, isso é maravilhoso para o tênis. Roger, junto com o restante do big four, elevou o tênis para um patamar nunca antes atingido pelo esporte. Época de ouro mesmo! Cansei de ler depoimentos de especialistas e ex-tenistas dizendo que Federer estava acabado, acho que ninguém mais se atreverá a falar mais nada.

Outro aspecto que me chama a atenção é vê-lo se divertindo no circuito, quem o acompanha no instagram sabe do que estou falando. Ele andou até dando uma “palhinha” de cantor, vejam abaixo o trio “Sem sincronismo” composto pelos amigos Tommy Haas e Grigor Dimitrov.

Antes do ensaio:

https://www.youtube.com/watch?v=i7d4rutU_Lo

Depois do ensaio com direito a participação especial de Djokovic:

https://www.youtube.com/watch?v=Oqp_sqsi5xY

Nesse momento ele joga o ATP de Miami e vai muito bem, cada dia mais agressivo no seu estilo de jogo, difícil parar o suíço. Lembro que Andy Murray e Novak Djokovic estão lesionados e fora do circuito por um tempo, acredito que vão voltar para a temporada de saibro, que vai pegar fogo!

 

C’mon!

Weverson Pinheiro

 

2 COMENTÁRIOS

  1. Federer é um fenômeno! A cada dia vem provando que ainda pode melhorar e fazer mais para o esporte. Um exemplo para todos seguirem!!! Em relação às conquistas e recordes, os números falam por si…

    • Obrigado Lucas pela sua contribuição e excelente comentário. O cara é diferenciado, joga limpo o tempo todo e é muito educado com seus oponentes. Realmente um exemplo.

Deixe uma resposta