Papo de Tênis: Murray no topo do mundo da “bola amarela”

Papo de Tênis: Murray no topo do mundo da “bola amarela”

194
0
COMPARTILHAR

Papo de Tênis: Murray no topo do mundo da “bola amarela”! Olá simpatizantes e amantes do tênis! Eis que temos um novo número 1! Andy Murray, o primeiro britânico a ocupar esse seleto grupo desde que o sistema de ranking foi criado em 1973. Ele é o segundo mais velho tenista a chegar a esse posto e o 26º na história. Todos que acompanham tênis sabem do quão foi difícil foi para Andy alcançar o topo, pois ele é contemporâneo de uns caras que beiram a perfeição no nível de seus jogos, estamos falando de Roger Federer, Rafael Nadal e Novak Djokovic.

paris-2016-sunday-murray4

Nos últimos meses Murray vem tendo uma consistência incrível, a qual o fez chegar aonde chegou. Essa não era uma de suas características, ele sempre oscilava no nível de seus jogos, mas depois de Ivan Lendl ele mudou sua postura e venceu títulos incríveis que o colocou definitivamente entre os melhores da história. Vou elencar alguns títulos aqui, Wimbledon (Após 76 anos do último britânico ter vencido), ganhou US Open, ganhou Copa Davis, bicampeão olímpico, ou seja, ele merece estar onde está. A pergunta é como será seu reinado…

Andy Murray

Para se chegar ao topo é preciso jogar muito, vencer jogos e, claro, seus adversários estarem piores, nesse momento temos Federer e Nadal fora de combate, esses dois sempre foram pedra no sapato de Andy. Novak após vencer Roland Garros começou a cair de produção e perder jogos que jamais imaginávamos que ele perderia. O tempo que Murray vai ficar como número 1 vai depender da recuperação de Nole, a meu ver, pois se ele voltar a jogar e a mente acompanhar ele retoma o posto. E não podemos deixar de lado o “vovô” Federer e o touro de miúra Rafa.

131952034_murray-ki_429763b

Esperamos apenas que Andy jogue o fino da bola e faça um bonito e duradouro reinado. Mais um adendo a essa novidade no ranking é que ele é último do “big four” a atingir o número 1, isso prova que vivemos um momento muito especial no tênis mundial, essa dominância é rara com um clube tão fechado e composto por apenas 4 jogadores. De 2004 até hoje o topo do tênis pertence ao Big Four.

Com esse feito de Andy Murray ele certamente será homenageado pela realeza britânica, será que vamos chama-lo de Sir Murray?

C’mon!

Weverson Pinheiro

Deixe uma resposta