Futebol: Planejar, criar e inovar é preciso!

Futebol: Planejar, criar e inovar é preciso!

167
0
COMPARTILHAR

Planejar, criar e inovar é preciso! A temporada do futebol profissional em Mossoró entra em recesso após a eliminação do Potiguar da Série D do Campeonato Brasileiro, no último domingo (17/07). O Mossoró Esporte Clube tem interesse em participar da Segundona do Estadual a partir de setembro, mas ainda não oficializou o anuncio. Mas uma coisa me deixou feliz esses dias. Tenho ouvido e recebido mensagens sobre a movimentação tanto de Potiguar, quanto de Baraúnas visando 2017. E a hora é agora, o momento é esse. É preciso antecipar e se organizar, com planejamento, criatividade e inovação.

SONY DSC

Parcerias, parceiros, produtos e ações que visem arrecadar receitas e proporcionar benefícios aos torcedores são fundamentais para o sucesso, assim como a presença de uma liderança coordenando e resolvendo. Torcedores, abnegados e diretores do Potiguar, por exemplo, assim como o Grupo de Apoio ao Potiguar – GAP têm interesse em manter o treinador Emanoel Sacramento e uma base para 2017, com a possibilidade de reforços nas posições mais carentes, utilização de atletas locais e destaques do estado. Para viabilizar o projeto, fechamento de parcerias e um planejamento adequado para dar segurança e estrutura aos atletas e a comissão, assim como proporcionar retorno e produtos para os torcedores, e o melhor de tudo, vitórias.

img_6533

O Leão da 12 prepara a organização da casa, estrutura, pagamento de dívidas e um time forte para 2017. A recuperação da saúde da Leoa Josirene será fundamental e a sua participação efetiva e ativa são parte dessa sustentação e viabilidade do clube. Força, planejamento e projetos viáveis e rentáveis. Aos torcedores e interessados no crescimento e na evolução do futebol mossoroense, união e inovação para ter sucesso.

E o primordial de tudo isso, para todos os clubes de futebol de Mossoró: um estádio reformado, apto e direito ou um novo estádio. Não dá para continuar mandando jogos no Gigante da Nova Betânia nessas circunstâncias e condições. É preciso recupera-lo, renova-lo ou se criar uma alternativa para atrair torcedores, famílias e possibilidades para o futebol mossoroense. Parabéns aos guerreiros e atuantes dirigentes, torcedores, empresários e investidores do esporte. Contem comigo e Senta a Pua!

Deixe uma resposta