Ronaldo Bagé assume Baraúnas após recesso de Carnaval

Ronaldo Bagé assume Baraúnas após recesso de Carnaval

109
0
COMPARTILHAR
Olho d’Agua das Flores, 01 de março de 2015 Lance do jogo entre CEO x CSA, em partida válida pelas semifinais do 1º turno do Campeonato Alagoano, realizado no Estádio Edson Matias, em Olho d’Agua das Flores. Alagoas - Brasil. Foto: Ailton Cruz

Ronaldo Bagé assume Baraúnas após recesso de Carnaval! O gaúcho chegou a Mossoró na noite de segunda-feira (27/02) e nesta terça teve o primeiro contato com os jogadores do tricolor mossoroense na reapresentação pós carnaval. Os atletas do Leão tiveram 3 dias de folga na folia de Momo e nesta quarta-feira de Cinzas já treinarão dois expedientes. Por enquanto, o diretor de futebol, Marquinhos, que também está na Capital do Oeste após período na Turquina, com o irmão Márcio Mossoró, não fala em reforços. “Vamos esperar uma análise do treinador para ver o que faremos”, comentou.

O Baraúnas esteve muito perto de se classificar para a decisão do turno, chegando inclusive a liderar a classificação. Com duas derrotas em casa, para Assu e América, o time ainda chegou na última rodada com chances reais de classificação, mas o Globo aproveitou a oportunidade, venceu por 1 x 0 e levou a melhor. Com problemas de relacionamento e falta de controle do grupo, de acordo com membros da direção do Tricolor, além dos maus resultados no fim do turno, o treinador João Menezes Barata foi demitido do cargo. Com 56 anos, o gaúcho Ronaldo Bagé é conhecido por gostar de montar equipes seguindo os preceitos e características da escola gaúcha de futebol, marcação forte.

Para impor esse modelo de jogo, vai precisar de jogadores mais experientes e viris, principalmente no meio-campo. Uma das características do Baraúnas é a rapidez, a velocidade e a juventude do grupo. O time base que garantiu o quarto lugar na classificação da Copa Cidade do Natal era formado por: Erico; Alexandro, Nícolas Samurai, Nildo e Fabiano; Yago, Ítalo, Eduardo, Gabriel Maia; Caio Ditmarr e Romário.

Romário, centroavante do Baraúnas, ainda não fez gols em 2017, mas continua sendo esperança do Leão. Foto: Freire Neto

Algumas fontes ligadas ao time e torcedores acreditam que o time precisa de um “camisa 10” para coordenar o meio-campo da equipe e organizar as jogadas ofensivas, assim como opções eficientes no meio e no ataque. A lateral-direita também tem sofrido muitas críticas. O Baraúnas estreia no dia 9/03 contra o Alecrim no estádio Nogueirão. Em seguida vai até Natal, no dia 15/03, enfrentar o ABC; e no dia 18/03 tem o segundo e último clássico Potiba do ano. Serão 3 partidas difíceis e decisivas para as pretensões da equipe na Copa RN 2017.

Deixe uma resposta