Expectativas para as 500 Milhas de Indianápolis 2017

Expectativas para as 500 Milhas de Indianápolis 2017

248
0
COMPARTILHAR

Expectativas para as 500 Milhas de Indianápolis 2017 ! 

A 101ª edição das 500 Milhas de Indianápolis será a sexta etapa do calendário de corridas da temporada de 2016 da IndyCar Series. Será disputada no dia 28 de maio no Indianapolis Motor Speedway, localizado na cidade de Speedway, em Indiana. Na edição anterior, o vencedor foi o norte-americano Alexander Rossi, da Andretti-Herta[1], que cruzou a linha de chegada sem combustível no tanque.
Além dos 19 pilotos que disputarão a temporada completa, foram inscritos:
Zach Veach (A. J. Foyt Enterprises): inscrito pela equipe do ex-piloto A. J. Foyt, Veach antecipou sua estreia na categoria no GP do Alabama, entrando no lugar do lesionado J. R. Hildebrand na Ed Carpenter Racing.
Jack Harvey (Andretti Autosport): egresso da Indy Lights, correrá as 500 Milhas numa associação entre a Andretti Autosport e a Michael Shank Racing.
Fernando Alonso (Andretti Autosport): o bicampeão de Fórmula 1 surpreendeu ao anunciar que disputaria as 500 Milhas, abrindo mão de participar do GP de Mônaco, numa associação entre a Andretti e a McLaren, atual equipe do espanhol na principal categoria do automobilismo.
Pippa Mann (Dale Coyne Racing): pela quinta edição seguida, inscreveu-se para tentar uma vaga no grid com a Dale Coyne, guiando novamente o carro #63.
Sage Karam (Dreyer & Reinbold Racing): pelo segundo ano consecutivo, o norte-americano disputará apenas a Indy 500 com a Dreyer & Reinbold, desta vez sem apoio de outra equipe.
Buddy Lazier (Lazier Partners Racing): mais velho entre os inscritos, o campeão da Indy 500 de 1996 tentará novamente uma vaga na prova. Em 25 provas, Lazier classificou-se em 17.
Oriol Servià (Rahal Letterman Lanigan Racing): além das 500 Milhas, o espanhol correrá ainda a rodada dupla em Detroit.
Jay Howard (Schmidt Peterson Motorsports): o inglês, que não disputava provas da Indy desde o GP de Las Vegas em 2011, marcado pelo acidente fatal do compatriota Dan Wheldon, volta à categoria para tentar uma vaga no grid. Seu carro terá o suporte de Tony Stewart, ex-piloto da Indy e aposentado desde 2016.
Gabby Chaves (Harding Racing): o colombiano disputará apenas as 500 Milhas pela novata equipe Harding Racing.
Juan Pablo Montoya (Team Penske): sem vaga para a temporada 2017, Montoya assinou com a Penske somente para correr a Indy 500. Ele ainda participará do GP no traçado misto.

Deixe uma resposta